Curiosidades e processo criativo de 'Crônicas de Luthera: Gellian'

Crônicas de Luthera: Gellian foi selecionado em 1° lugar na categoria literatura pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF), concorrendo com obras de história, jornalismo, ficção e não ficção. Até então, Eddy Samadhi nunca tinha escrito um livro. Ele usou a habilidade de escrita para registrar as histórias que seu filho, H.R Hikes, usava nas mesas de Role Playing Games (RPGs) e, assim, juntos emergiram no projeto literário.


A originalidade foi algo presente na decisão dos nomes das cidades e dos personagens, bem como em suas personalidades e, até mesmo, nos animais do primeiro volume desse romance. Isso porque, Eddy e Hikes escolheram criar um mundo completamente novo para a narrativa, já que dessa forma teriam liberdade de escrita.


A escolha do nome Gellian para o personagem principal foi baseada no nickname do filho no jogo Diablo 2: Gwern. Curiosamente, o nome do maior rival do protagonista do livro é Amókito, que faz referência ao necromante e parceiro de Hikes desse mesmo jogo.


Classificado como alta fantasia, a história medieval desta obra traz a dualidade do herói em suas páginas. Fato este que Eddy afirma ser uma das razões para ele e o filho gostarem tanto desse estilo, ainda mais por gerar o conflito que todo bom protagonista precisa ter.


Para Eddy, o livro é motivo de alegria e amor, pois é com paixão pela história que ele quer levá-la a todos, e fica muito feliz em ter um retorno tão positivo por parte dos leitores. Ele defende que todos os personagens são importantes para a história e diz que se diverte escrevendo o Emosi. “Procuro colocar sempre alguma passagem divertida para o leitor sorrir”, comenta.


Os autores têm esperança que a obra leve muita felicidade e enlevo para o maior número de pessoas possível. A dupla dinâmica já decidiu o final da história e os principais acontecimentos para desenvolver a narrativa para o ponto desejável. Eles pretendem que Crônicas de Luthera seja, pelo menos, uma trilogia.


Por Letícia Mirelly.


21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo